Uma parceria de peso

Nesta quarta-feira, dia 16 de março, o Governo de Minas assina termo de convênio com a Vale para apoio ao Programa de Educação Profissional (PEP). Serão R$100 milhões destinados a manter as atividades atuais e ampliar o número de vagas para formação técnica de nível médio. Ainda neste ano de 2011, serão abertas novas inscrições para admissão, no segundo semestre, de novos candidatos aprovados no processo de seleção.
Esse convênio coroa os entendimentos que vêm sendo mantidos com a Vale deste o final do ano passado. Em reunião realizada em dezembro, com a presença da Profa. Vanessa Guimarães (Secretária de Educação) e da Dra. Renata Vilhena (Secretária de Planejamento e Gestão), apresentei o PEP á equipe da Vale.
O desafio do PEP era, e continua sendo, ampliar as oportunidades de formação profissional técnica de nível médio para os alunos regularmente matriculados no ensino médio de escolas estaduais e para quem já concluiu esse nível de ensino. E nisso ele foi muito bem sucedido. Em 2007, o existiam apenas 4,8 mil alunos em cursos de formação profissional mantidos pelo Estado. Em 2010, esse número saltou para 135,1 mil alunos, um crescimento de 2,7mil% em três anos.
Evolução da Matrícula no PEP
Em nova reunião realizada em janeiro deste ano, no último dia em que trabalhei na Secretaria de Educação, a equipe da Vale, reconhecendo o valor desse Programa, anunciou a disposição de apoiar Minas Gerais com um aporte de recursos de R$100 milhões. Considerando que o custo médio de cada técnico formado é de R$3,87 mil, o apoio da Vale representa 26 mil novos anos se todo o recurso fosse aplicado na ampliação de vagas.
Essa é uma parceria de peso e a juventude mineira agradece.
Esta entrada foi publicada em Legado e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *